Redemocratização Após a Ditadura Vargas

 

De 1945 e 1964, os brasileiros viveram um período democrático, entre a Ditadura de Vargas e a Ditadura Militar. Em boa parte, foi politicamente conturbado. O destaque dessa época foi a construção de Brasília.

Na primeira eleição, após a Guerra, Eurico Gaspar Dutra foi eleito Presidente da República.

1946 – Em 18 de setembro, a Assembleia Nacional Constituinte promulgou uma nova Constituição. Os direitos individuais foram restabelecidos. Estabeleceu as eleições diretas para Presidente.

1947 – Decretou-se a ilegalidade da Partido Comunista Brasileiro (PCB).

1950

Getúlio Vargas voltou ao poder como Presidente, dessa vez, eleito democraticamente, em 3 de outubro. Empossado em 31 de janeiro de 1951, deu continuidade a uma política nacionalista e populista.

O Brasil sediou a Copa do Mundo, de 24 de junho a 16 de julho. Foi à Final contra o Uruguay, mas perdeu por 2 x 1. Comoção nacional.

Setembro, 18 - A televisão foi inaugurada no Brasil pelo magnata paraibano Assis Chateaubriand, dono da TV Tupi de São Paulo. Existiam apenas cerca de 200 aparelhos de TV, na data. No final do ano seguinte seriam mais de seis mil aparelhos.

1954 - Pressionado, o Presidente Vargas suicidou-se, em 24 de agosto, com um tiro no coração. Tomou posse o Vice João Café Filho, que governou até 8 de novembro de 1955, quando foi impedido. Carlos Luz, Presidente da Câmara dos Deputados, assumiu a Presidência, mas também foi deposto, em 11 de novembro. Nereu Ramos, Vice-Presidente do Senado, assumiu interinamente a Presidência.

1955 - Juscelino Kubitschek venceu as eleições para Presidente.

1956 - JK foi empossado em 31 de janeiro. Enviou ao Congresso Nacional o projeto para construção de Brasília. O local escolhido foi definido, em 1893, pela Comissão Exploradora do Planalto Central do Brasil.

1958 - O Brasil venceu a Capa do Mundo, na Suécia.

1960 - Em 21 de abril, Brasília foi inaugurada, a terceira capital do Brasil, depois de Salvador e Rio de Janeiro. O antigo Distrito Federal, tornou-se o Estado da Guanabara, até ser incorporado ao Estado do Rio de Janeiro, em 1975.

O Governo JK foi de grande impulso econômico para o Brasil, mas ao custo de uma escalada inflacionária e elevada dívida externa. Os anos '60 começaram em crise econômica.

1961 - Em 31 de janeiro, Jânio Quadros tomou posse como Presidente da República. Condecorou com a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul, Ernesto Che Guevara, então Ministro da Economia de Cuba e defensor dos fuzilamentos de seus opositores. Jânio renunciou em 25 de agosto de 1961, numa jogada que buscava mais poderes. Ele perdeu e o Brasil entrou em mais um período de instabilidade política.

O Vice-Presidente João Goulart, assumiu a Presidência.

1962

O filme de O Pagador de Promessas, dirigido por Anselmo Duarte, com base na peça de Dias Gomes, recebeu a Palma de Ouro de Cannes.

O Brasil venceu a Capa do Mundo, no Chile.

1964 - Uma crise política e econômica resultou em um golpe de estado.

Mais: Regime Militar

 

Continuação do século 20:

● 1985, Segunda Redemocratização

 

Copyright © Guia Geográfico - Brasil no Século XX, Primeira Redemocratização e Era JK.

 

 

 

Juscelino Kubitschek (direita), o construtor de Brasília, transfere a Faixa para o Presidente eleito Jânio Quadros, em 31 de janeiro de 1961. A Renúncia de Jânio, sete meses depois, desencadeou uma crise política que pôs fim à Democracia, em 1964.

 

Janio Quadros

 

Martha Rocha

 

A baiana Martha Rocha (direita) e a estadunidense Miriam Stevenson, Miss Universo 1954, em Long Beach, California, após o concurso, em julho daquele ano. Na foto (A.P. Telephoto), Martha Rocha entrega um dodge conversível à Miss Universo. A baiana ficou em segundo lugar. Em 1968, outra baiana, Martha Vasconcellos, foi eleita Miss Universo.

 

◄ Ditadura Vargas (assunto anterior)

◄ Brasil no Século 20

 

Republica

 

Carta de Juscelino Kubitschek a um médico da Bahia, dias antes do término de seu mandato. JK afirmou ter avançado pelo menos 50 anos de progresso em cinco anos de governo.

 

Juscelino Kubitschek

 

O Brasil no Século 20

 

Historia Brasil

 

 

Historia do Brasil

 

 

 

 

Redemocratização Após a Ditadura Vargas