Guerra do Paraguay - 1864 a 1870

 

Em meados do século 19, o Paraguay era uma próspera nação. Até 1840, o País era fechado e buscava autossuficiência. Naquele ano, assumiu o poder, o ditador Carlos Antonio López, que abriu o Paraguay ao comércio exterior. A partir de 1862, seu filho Francisco Solano López deu continuidade ao desenvolvimento do Paraguay e incentivou a imigração de europeus.

A prosperidade paraguaya contrariava o ditador argentino Juan Manuel Rosas, que impôs um bloqueio comercial ao Paraguay e negava-se a reconhecer a independência desse país. Carlos López viu suas pretensões de integração com o comércio mundial ameaçadas e montou um poderoso exército, com apoio da Alemanha.

Questões de fronteira com a Argentina e o Brasil alimentaram o conflito. O Paraguay tentou aliar-se ao Uruguay, mas este integrou a Tríplice Aliança, com o Brasil e a Argentina.

A Guerra eclodiu, em dezembro de 1864, quando Solano López invadiu o Mato Grosso. Durante os seis anos de guerra, mais de 60 mil soldados da Tríplice Aliança morreram. Ao fim da Guerra, o Paraguay estava arrasado e o Brasil, endividado. Foi o maior conflito armado da América do Sul.

O acordo de paz foi assinado pelo baiano José Maria da Silva Paranhos, em 1870, que recebeu o título de Visconde do Rio Branco.

Continuação do século 19:

● 1889, República

● 1896, Guerra de Canudos

● Mais: Brasil no Século 20

 

Guerra Paraguai

 

O coronel Faria da Rocha em revista às tropas brasileiras, em Tayi, cerca de 1868.

 

Monumento Riachuelo

 

Mapa América do Sul

 

Mapa Paraguai

 

◄ Império do Brasil

◄ Brasil no Século 19

 

Historia Brasil

 

Copyright © Guia Geográfico - Informações e Dados Históricos do Brasil - Século 19.

 

 

Historia do Brasil